25 maio, 2006

Principais Tipos de Navios existentes... uma pequena lição...

Navios de Carga Geral

São os navios que transportam vários tipos de cargas, geralmente em pequenos lotes – sacarias, caixas, veículos encaixotados ou sobre rodas, bobinas de papel de imprensa, vergalhões, barris, barricas, etc. Tem aberturas retangulares no convés principal e cobertas de carga chamadas escotilhas de carga, por onde a carga é embarcada para ser estivada nas cobertas e porões. A carga é içada ou arriada do cais para bordo ou vice-versa pelo equipamento do navio (paus de carga e ou guindastes) ou pelo existente no porto.


Navios de Passageiros

São os navios que tem a finalidade única de transportar pessoas e suas bagagens. Pode ser para viajens normais como para cruzeiros turísticos. Possuem uma estrutura voltada ao lazer, como restaurantes de luxo, cassinos, bares, cinema, boite, lojas, piscina, salão de jogos e ginástica, etc.


Navios Porta - Contentores

São os navios semelhantes aos navios de carga geral mas normalmente não possuem além de um ou dois mastros simples sem paus de carga. As escotilhas de carga abrangem praticamente toda a área do convés e são providas de guias para encaixar os contêiners nos porões. Alguns desses navios apresentam guindastes especiais.



Navios Tanque

São os navios usados para transporte de petróleo bruto e produtos refinados (álcool, gasolina, diesel, querosene, etc.). Caracterizam-se pela sua superestrutura a ré e longo convés principal quase sempre tendo à meia nau uma ponte que vai desde a superestrutura até a proa. Essa ponte é uma precaução para a segurança do pessoal, pois os navios tanques carregados passam a ter uma pequena borda livre,
fazendo com que no mar seu convés seja "lavado" com frequência pelas ondas.


Navios "Gaseiros"

São os navios destinados ao transporte de gases liquefeitos. Se caracterizam por apresentarem acima do convés principal tanques típicos de formato arredondado.





Navios de Operação por Rolamento - RoRo(Roll-on Roll-off)

São os navios em que a carga entra e sai dos porões e cobertas, na horizontal ou quase horizontal, geralmente sobre rodas (automóveis, ônibus, caminhões) ou sobre veículos (geralmente carretas, trailers, estrados volantes, etc.). Existem vários tipos de RoRos, como os porta- carros, porta-carretas, multi-propósitos, etc., todos se caracterizando pela grande altura do costado e pela rampa na parte de ré da embarcação.

Navios Graneleiros

São os navios destinados ao transporte de grandes quantidades de carga a granel: milho, trigo, soja, minério de ferro, etc. Caracterizam-se por ter um longo convés principal onde o único destaque são os porões.




Navios Químicos

São os navios parecidos com os gaseiros, transportando cargas químicas especiais, tais como: enxofre líquido, ácido fosfórico, soda cáustica, etc.




Navios Rebocadores

São os navios utilizados para puxar, empurrar e manobrar todos os tipos de navios. Geralmente utilizados para manobras de grandes navios na zona portuária e canais de acesso aos portos. Pode também socorrer navios em alto-mar, rebocando-os para zonas seguras; e puxar navios encalhados em bancos de areia. Apesar de pequenos, possuem grande potência de motor.


Navios Ore-Oil

São os navios de carga combinada, ou seja, transportam minério e petróleo.



Navios Porta-Aviões

São os navios utilizados pelas Forças Armadas (Marinha) para o transporte de aviões, até a zona principal de atuação dos mesmos. Servem como uma base móvel de operação, inclusive com pista de pousos e decolagens.

Navios Militares

Dentro desta categoria existam vários tipos que passo a citar:

Fragatas, Submarinos, Contratorpedeiros, Navios-Balizadores, Navios-Faroleiro, Navio Hidroceanográfico, Navio Hidroceanográfico, Navios Oceanográficos, Navios Hidrográficos, Navio de Apoio Oceanográfico, Navios de Assistência Hospitalar, Navio-Tanque Fluvial, Navios-Tanque, Navio-Transporte Fluvial, Navio de Socorro Submarino, Navios-Transporte de Tropas, Rebocador de Alto-Mar, Navios-Varredores, Corvetas, Navios-Patrulha, Navios de Desembarque-Doca e Navio de Desembarque de Carros de Combate.

3 comentários:

Intervencionista disse...

Caro Marcolan, já me lixas-te é o k é.... lá vai o amigo PP moer-me o juizo a pedir que tambem diga que tipo de aviões temos... tou lix...

Gostei do artigo companheiro Marcolan.

claroksim disse...

;-) Não comento!! Mas estiveste bem!! :) :) :)

Marcolan disse...

mto obg..
Podemos também postar um artigo semelhante sobre carga aeria.. preciso é de material... rsrsrs